Lifelong Learning

Lifelong Learning

Um conceito muito falado atualmente é o Lifelong Learning (aprendizado contínuo). Infelizmente no Brasil ainda falamos muito pouco sobre isso, mas, para se ter ideia, uma pesquisa da Pew Research Center revelou que 73% dos americanos se consideram lifelong learners (adeptos do lifelong learning). E, como muitas tendências costumam vir da terra do tio Sam, logo o aprendizado contínuo fará parte das competências fundamentais dos profissionais brasileiros.  

Mas, o que é Lifelong learning? A principal mensagem é que o aprendizado não tem hora nem idade para acabar. Falando assim parece tão óbvio, por que será que ainda não acontece organicamente? De acordo com uma pesquisa do Goldman Sachs, até o século XX, aprendia-se muito até cerca de 20 anos de vida, e depois renovar o conhecimento não era uma necessidade emergente. Porém, hoje em dia, nos primeiros anos de vida nós aprendemos sobre como aprender e depois continuamos aprendendo. Ou seja, passamos a entender que interromper o aprendizado é um risco, que pode nos deixar desatualizados e aí ficamos para trás. 

A OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) fez um estudo importante com 50 países e afirmou que, no Brasil, o salário de quem possui graduação é em média 235% maior do que quem não tem diploma. E quando falamos em Pós-Graduação, esse índice aumenta para 445%. Porém, por outro lado, um estudo da CareerBuilder mostrou que, para 77% dos empregadores, as soft skills são tão importantes quanto os conhecimentos técnicos. Ou seja, ainda que o estudo formal tenha um peso significativo, outras habilidades também são equivalentes na balança.

Podemos então concluir que, ao falar de Lifelong learning, não estamos nos referindo apenas aos cursos formais de Graduação, mas de um processo que vai muito além.  Aprendizagem precisa ser encarada como um ciclo sem fim: nenhum diploma pode encerrar a sua jornada de desenvolvimento. E confirmando essa teoria, a revista The Economist disse que continuar aprendendo no decorrer da vida – lifelong learning – será a mais importante habilidade para encontrar, manter ou crescer em um emprego. 

Este assunto deve fazer parte do seu dia a dia. É necessário estar sempre disposto a aprender algo novo, acompanhando o ritmo intenso das transformações do mercado. Ao adotar uma postura de lifelong learning suas chances de prosperar profissionalmente aumentam exponencialmente. 

Mas… como adotar esta postura? Veja aqui algumas dicas catalisadoras: 

  • Invista em cursos de qualificação – existem inclusive muitas oportunidades gratuitas por ai!
  • Fique atento às tendências do mercado – networking é fundamental. 
  • Identifique seus principais pontos de melhoria – chega de ter medo de reuniões de feedback. Encare isso como um presente e parta para a ação. Revisite as suas competências. 
  • Olhe para suas referências de informação – Preste atenção no que você anda absorvendo de informação. Incremente com leituras, podcasts ou qualquer outra fonte de informação que acrescente algo na sua vida. Faça uma lista de tudo que consome e reveja o que é preciso entrar ou sair da sua vida. 
  • Reflita Sobre Seus Interesses e Revise Seus Objetivos – O seu aprendizado pode estar conectado à sua carreira, mas, também, a outros aspectos da sua vida. Além disso, encontramos mais sentido no lifelong learning quando enxergamos uma conexão entre o aprendizado e nossos sonhos, paixões e objetivos
  • Crie A Mentalidade De Lifelong Learner – é um estilo de vida e deve perdurar para sempre, não somente até atingir um objetivo. 
  • Faça um planejamento – quanto tempo e como você vai se dedicar? 
  • Acompanhe Seu Progresso – celebre toda e qualquer conquista. 

O que você vai ganhar com isso, com certeza, fará toda a dedicação valer a pena. Vamos citar somente alguns benefícios do Lifelong learning aqui, pois a lista é infinita: 

  • Desenvolvimento De Novas Habilidades
  • Estímulo Da Criatividade
  • Domínio De Novas Tecnologias
  • Surgimento De Oportunidades

Embora Lifelong Learning seja um conceito individual, as empresas também podem se beneficiar (e muito!) dessa prática. Uma vez que a cultura é estabelecida, os funcionários assumem uma postura mais ativa para buscar conhecimento e participar do que a empresa disponibiliza.  Dessa forma, ao adquirirem novas competências e conhecimento, tornam-se mais preparados para os desafios encontrados no dia a dia. O resultado? Uma rotina organizacional muito mais estratégica e produtiva. 

A Escola Catalise! Está aqui para ajudar sua organização a ir mais longe. Contamos com um catálogo de competências e podemos personalizar o conteúdo de acordo com a necessidade de cada organização. Interessou? Vem ser lifelong learning com a gente, e catalisar conhecimento para a sua empresa. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//

Feito com WP360 by StrazzaPROJECT